top of page
Buscar
  • CONRE4

IBGE - PROTESTO DO CONSELHO FEDERAL DE ESTATÍSTICA


O IBGE fez um pedido inicial de 3,4 bilhões de reais, o governo cortou para R$ 2,3 bi; depois para R$ 2 bi para realizar o Censo Demográfico 2021, pesquisa que deveria ter sido feita em 2020, mas foi adiada devido à pandemia.


O valor aprovado pelo Congresso, no entanto, é de apenas 71 milhões, menos de 5% do previsto inicialmente, na prática, inviabiliza a realização do Censo neste ano, após a pesquisa já ter sido adiada em um ano.


Os prejuízos para o Brasil são imensos, além da óbvia limitação de informações, várias outras atividades serão seriamente prejudicadas, inclusive a distribuição de grande parte dos recursos federais que, em muitos casos, são baseados nos dados demográficos do IBGE e feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) que estabelece as cotas do fundo de participação dos estados e do fundo de participação dos municípios.


Estudos e pesquisas que trabalham com séries temporais de dados demográficos e econômicos, fundamentais para o estabelecimento de políticas públicas, terão dificuldades de serem realizados. Por outro lado, o Brasil, signatário de acordos internacionais nos quais é previsto o envio de informações pelo Governo brasileiro não poderá cumprir seus compromissos.


A lei 8.184/1991, determina a realização do censo a cada dez anos, e seus resultados definem a representação política no País, indicando o número de deputados federais, estaduais e vereadores de cada estado e município.


Todas essas fundamentais ações, baseadas nos resultados do Censo, serão prejudicadas e podem mesmo sofrer solução de continuidade, se os dados decorrentes do Censo do IBGE não estiverem disponíveis e atualizados.


Diante desta grave situação os Estatísticos brasileiros, surpreendidos por esta absurda proposta, extremamente prejudicial ao Brasil, manifestam seu desconforto e a extrema preocupação com as irreparáveis consequências.


O Conselho Federal de Estatística, cumprindo suas obrigações legais de zelar pelo desenvolvimento da Estatística no Brasil, solicita às autoridades públicas, em especial a Presidência da República, que vetem estes dispositivos da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2021 do Congresso Nacional em benefício da nação brasileira.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page